PSP

Incêndio em habitação de Ovar deixou à vista estufa de canábis

Incêndio em habitação de Ovar deixou à vista estufa de canábis

A PSP deteve na terça-feira em Ovar, no distrito de Aveiro, um homem de 48 anos, residente naquela cidade, que tinha uma estufa de canábis em casa.

Em comunicado, a PSP esclareceu que no âmbito de uma ocorrência de um incêndio numa habitação, a Polícia verificou a existência de uma estufa de cultivo de plantas, adstrita à referida habitação, suspeitando tratar-se de estupefaciente.

"Assim, procedeu-se à interceção do proprietário da residência e efetuaram-se diligências de investigação, que confirmaram tratar-se de plantação de canábis", referiu a mesma nota

Segundo a PSP foram apreendidas 14 plantas de canábis, folhas de canábis (aproximadamente 117 doses) e sementes de canábis.

Foram ainda apreendidas 13 lâmpadas, duas ventoínhas, dois temporizadores elétricos, duas extensões elétricas, um borrifador, uma tela de alumínio, 22 frascos de fertilizante, quatro caixas metálicas e 16 etiquetas/marcadores.

A PSP refere ainda que o indivíduo tinha pendente um mandado de detenção, emitido pelo Tribunal de Aveiro, para cumprimento de uma pena de 119 dias de prisão subsidiária, por não ter cumprido o pagamento de uma multa, no valor de 1074 euros, a que havia sido condenado por um crime de maus tratos a animais de companhia em 2019, tendo sido por isso conduzido ao Estabelecimento Prisional de Coimbra.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG