Exclusivo

Indemniza em dois mil euros dona de caniche que o seu cão matou

Indemniza em dois mil euros dona de caniche que o seu cão matou

Relação duplica valor da indemnização, tendo em conta o sofrimento com a morte do "insubstituível animal de estimação".

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou a dona de um pastor-alemão a indemnizar em dois mil euros a proprietária de um caniche morto pelo seu cão, numa rua de Lisboa. É o dobro do que tinha sido determinado em primeira instância e que tinha sido considerado insuficiente pela queixosa para compensar o "desgosto" sofrido.

Em janeiro, o tribunal cível sustentara, entre outros aspetos, que o dano causado pela morte do animal tinha apenas "gravidade mediana", uma vez que a lesada pôde, como fez, obter um cão "da mesma raça que trará o mesmo tipo de lazer ou de companhia". Algo que os juízes desembargadores defenderam agora ser "despiciendo ou desajustado afirmar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG