Beja

Inglês que esfaqueou pastor e amigo fica em prisão preventiva

Inglês que esfaqueou pastor e amigo fica em prisão preventiva

O cidadão britânico que no sábado esfaqueou dois portugueses em Trindade, Beja, vai ficar em prisão preventiva, apurou o JN. O agressor, de 29 anos, ter-se-á querido vingar de um pastor que apresentou queixa após o seu cão atacar ovelhas.

As agressões ocorreram pelas 22 horas de sábado, mas o caso remonta a 30 de setembro. Nesse dia, o cão do inglês atacou as ovelhas de uma das vítimas, que é pastor. Foi apresentada queixa e a GNR compareceu no local. O homem acabaria por ser detido por desobediência e coação sobre um dos militares.

No sábado, o britânico, que reside no lugar de Cantinho da Ribeira, freguesia de Trindade, encontrou o pastor junto ao café-restaurante Riba-Terges e começaram a discutir, tendo o inglês ameaçado o pastor com uma arma branca. Um amigo intrometeu-se entre os dois homens e foi esfaqueado, tendo pastor e agressor irrompido pelo restaurante dentro, onde viria a ocorrer o segundo esfaqueamento.

Os dois esfaqueados são um homem de 50 anos, residente em Albernoa (pastor), e outro de 62 anos, residente em Trindade, que foi em socorro daquele e acabou por ser o primeiro esfaqueado. Os dois homens foram transportados para o Hospital de Beja.

O agressor fugiu do local, mas viria a ser detetado por populares, que depois esperando pela GNR a informaram onde o mesmo estava acantonado. Uma testemunha, que pediu o anonimato, contou ao JN que "o primeiro militar a chegar foi um oficial, com uns dois metros de altura, que envergava colete à prova de bala e prendeu o tipo". "Depois chegou uma patrulha", acrescentou.

O indivíduo foi detido e apresentado a primeiro interrogatório esta tarde de segunda-feira. Ficará em prisão preventiva a aguardar o desenrolar do processo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG