O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Inspetor da ASAE julgado por fiscalizar o seu condomínio

Inspetor da ASAE julgado por fiscalizar o seu condomínio

Ministério Público sustenta que o arguido se quis vingar de processo por dívidas à administração.

Um inspetor da ASAE do Porto, para se vingar da administração de uma empresa de condomínio que o tinha metido em tribunal por dívidas, decidiu, à revelia da hierarquia e do Ministério Público (MP), fiscalizar e constituir arguidos os elementos da dita administração de coproprietários. Agora vai responder em tribunal por crimes de prevaricação, abuso de poder e peculato.

O caso remonta a novembro de 2016, mas só agora vai a tribunal. Na manhã de 21 daquele mês, o coordenador Domingos Gomes, da Unidade Operacional I (da ASAE Porto), distribuiu à brigada da qual fazia parte o inspetor Luís Manuel da Silva Araújo o serviço a ser realizado nesse dia e que consistia na fiscalização de quatro denúncias, referentes a operadores económicos na Maia, Vila Nova de Gaia, Porto e Lousada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG