Matosinhos

Aberto inquérito a acidente com autocarros em S. Mamede de Infesta

Aberto inquérito a acidente com autocarros em S. Mamede de Infesta

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou a existência de um inquérito ao acidente de viação em São Mamede Infesta, Matosinhos, ocorrido a 21 de janeiro causando dois mortos e seis feridos, dois deles graves.

"Confirma-se a existência de um inquérito, dirigido pelo Ministério Público do DIAP do Porto (Matosinhos, 1ª secção). Tal inquérito encontra-se em investigação", refere a PGR, em resposta à agência Lusa.

A 21 de janeiro, um acidente envolvendo dois autocarros e três carros causou dois mortos e seis feridos, dois dos quais graves e quatro ligeiros, três deles crianças.

No local do acidente, em São Mamede Infesta, estiveram 60 operacionais, apoiados por 11 veículos.

No dia seguinte, em resposta à Lusa, a Câmara Municipal de Matosinhos adiantou não ter aberto "qualquer inquérito", cabendo isso às autoridades competentes.

Além disso, a autarquia explicou que no local estão a ser construídas três passadeiras sobrelevadas para reduzir a velocidade de circulação naquela zona, onde têm sucedido vários acidentes relacionados com casos de excesso de velocidade.

"A construção das lombas ficou concluída na semana passada e a obra estava devidamente sinalizada, limitando a velocidade de circulação naquele local aos 20 quilómetros por hora", acrescentou.

No local do acidente, entre 2009 e 2017, foram registados 27 acidentes de viação, do qual resultaram um morto e um ferido grave, indicam dados da câmara.

Entre despistes e colisões, os dados dão ainda conta de três atropelamentos.

Posteriormente, o Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM) revelou que vai pedir cópia do relatório pericial efetuado a um dos autocarros envolvidos no acidente.