Premium

Alunos da GNR param curso para fazer patrulhas no verão

Alunos da GNR param curso para fazer patrulhas no verão

Alunos da GNR só cumpriram quatro de 11 meses de formação. Comando diz que tem sido prática. Associações falam em truque devido à falta de militares.

Quatrocentos formandos da GNR, que cumpriram apenas quatro de 11 meses de formação, vão ser colocados em diferentes postos do país, durante este verão. No final, regressam às aulas no Centro de Formação de Portalegre, para concluir o curso de Formação de Guardas.

O Comando-Geral da GNR salienta que a antecipação da "Formação em Exercício" foi uma medida já aplicada em 2014, 2017 e 2018, que visa exclusivamente "o desenvolvimento das competências dos guardas provisórios em contexto real de trabalho". Porém, para as associações da GNR, esta decisão é "meramente um número político" para colmatar a falta de efetivos durante o verão. A zona do Comando de Faro, no Algarve, é a mais reforçada.