Porto

Empregada da Judiciária rouba notas e droga

Furtos aconteceram em 2017 nas instalações da Diretoria do Norte da Polícia Judiciária

Foto João Manuel Ribeiro / Global Imagens

Após quase 30 anos de leais e bons serviços de limpeza na Polícia Judiciária do Porto, a mulher "sujou-se" ao roubar cinco placas de haxixe e algumas centenas de euros em notas falsas.

Posta na rua, vai agora ser julgada por peculato, passagem de moeda falsa e tráfico de droga.