Violência extrema

Investigação: Corpo de triatleta tinha vários ferimentos na cabeça

Luís Grilo tinha acabado de participar numa prova na Alemanha

Foto Facebook

O assassinato de Luís Miguel Grilo, de 50 anos, o triatleta amador e engenheiro informático, residente em Cachoeiras, Alenquer, cujo corpo foi encontrado nu e com um saco na cabeça a mais de 130 quilómetros de casa, ocorreu num cenário de extrema violência, visível nos vários ferimentos, sobretudo na cabeça e no corpo, segundo fonte policial.

A investigação da Polícia Judiciária (PJ) continua, existindo várias explicações possíveis para o crime, designadamente ajuste de contas ou razões passionais.

Relacionadas