Lisboa

Taxista detido por subir tarifas com telecomando

Um taxista foi detido pela PSP, terça-feira, em Lisboa, por aumentar o valor da corrida no taxímetro usando um telecomando. Vai responder pelo crime de especulação.

A denúncia foi feita por uma cliente, devidamente identificada pelos agentes, que pagou pelo transporte praticamente o dobro do preço estipulado por lei para o mesmo: foi-lhe cobrado um valor de 16,55 euros quando este deveria situar-se entre os 8 e os 10 euros, informou a PSP.

Inspeção revela truque

O taxista, de 33 anos, foi intercetado em São Domingos de Benfica e a viatura apreendida. Numa inspeção ao carro, os agentes detetaram uma artimanha no aparelho: carregando num botão de um telecomando, o taxista conseguia aumentar os valores que apareciam no mostrador, enganando desta forma os clientes.

A diferença constituía um lucro indevido a reverter exclusivamente para o próprio. O homem foi notificado para comparecer em Tribunal onde será julgado em processo sumário.