Porto

Anuladas condenações no caso Feira dos Tecidos

Anuladas condenações no caso Feira dos Tecidos

Julgamento por fraude fiscal de 7,3 milhões terá de ser repetido parcialmente por falha processual numa das primeiras sessões.

A condenação do patrão do Grupo Feira dos Tecidos a cinco anos de prisão por fuga ao Fisco de 7,3 milhões de euros foi anulada. O Tribunal da Relação do Porto deu razão a um recurso de uma das empresas acusadas de fraude fiscal e anulou parte do julgamento, obrigando à sua repetição, em breve, nas Varas Criminais do Porto.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui