Premium

Árbitro exige 32 mil euros por agressão no jogo do Canelas

Árbitro exige 32 mil euros por agressão no jogo do Canelas

Marco Gonçalves, antigo avançado do Canelas, começa sexta-feira a ser julgado no Tribunal de Gondomar, por crimes de ofensas à integridade física e por ameaças.

O árbitro agredido por Marco Gonçalves, no início de uma partida de futebol entre o Rio Tinto e o Canelas 2010, reclama uma indemnização de mais de 32 mil euros ao ex-avançado da equipa de Vila Nova de Gaia, que começa sexta-feira a ser julgado no Tribunal de Gondomar, por crimes de ofensa à integridade física e ameaças.

A agressão aconteceu em abril do ano passado, apenas dois minutos depois do apito inicial da partida que contava para o Campeonato Distrital d"Elite PróNacional. Foi quando ia ser admoestado com um cartão vermelho pelo árbitro, José Rodrigues, por ter agredido a soco um jogador da equipa do SC Rio Tinto, que Marco Gonçalves agarrou o juiz pelo pescoço, fazendo-lhe uma "gravata".