Justiça

Armando Vara detido na Operação Marquês

Armando Vara detido na Operação Marquês

O antigo ministro socialista Armando Vara foi detido, esta quinta-feira, e vai ser interrogado pelo juiz Carlos Alexandre esta sexta-feira. Em causa, estão alegados crimes de "corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais".

Vara, ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos, está detido no Comando Metropolitano da PSP de Lisboa e há buscas a decorrer em todo o país, incluindo na sua casa.

Foram realizadas "buscas domiciliárias, em instalações de sociedades e numa instituição bancária", revela a Procuradoria-Geral da República (PGR), em comunicado.

As buscas ocorreram na sede da Caixa Geral de Depósitos, na residência e nos escritórios de Vara, segundo fonte ligada ao processo.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que as buscas decorreram entre as 11 horas e as 19 horas na sede da Caixa Geral de Depósitos (CGD), em Lisboa, na residência em Cascais e nos escritórios do ex-governante.

A detenção foi feita ao final da tarde, na sua casa de Lisboa, no âmbito da "Operação Marquês", que investiga o ex-primeiro-ministro José Sócrates.

Em causa, está o processo do empreedimento Vale do Lobo, sabe o JN. A Caixa Geral de Depósitos terá financiado o negócio, quando Armando Vara era administrador da instituição.

"Estão em causa factos susceptíveis de integrarem os crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais", revela a PGR.

ver mais vídeos