Premium

Autoridades travam 253 milhões de dinheiro sujo

Autoridades travam 253 milhões de dinheiro sujo

Escondem fraudes fiscais, burlas, criminalidade informática e económico-financeira, tráfico de droga e financiamento de terrorismo.

São negócios e transferências suspeitas que o sistema financeiro e outras entidades detetam e remetem para o Ministério Público (MP) e Polícia Judiciária (PJ). Só no ano passado, segundo dados do MP, foram suspensas transferências bancárias e negócios de 253 milhões, por suspeitas de lavagem de dinheiro. Em 2017, tinham sido apenas 15,787 milhões.

Os casos de circulação de dinheiro suspeito detetados e investigados pelas autoridades aumentaram exponencialmente de 2017 para 2018. Dos mais de 5200 alertas que o sistema financeiro enviou, em 2018, para a Unidade de Informação Financeira (UIF) da PJ, os inspetores consideraram suspeitos 765 casos (média de 15 por semana), enquanto no ano anterior foram apenas 206.