Violência doméstica

Batiam nos pais para conseguirem dinheiro para comprar droga

Batiam nos pais para conseguirem dinheiro para comprar droga

A GNR deteve em dois dias, no concelho de Sintra, dois homens suspeitos de baterem nos pais para lhes roubarem dinheiro para conseguirem comprar droga. Estão ambos indiciados por violência doméstica.

A primeira detenção aconteceu na quarta-feira. O homem, de 25 anos, residia com o seu pai, de 74, "a quem extorquia dinheiro para adquirir produtos estupefacientes" e agredia fisicamente, adianta, em comunicado, o Comando Territorial de Lisboa da GNR.

Apresentado a juiz, o jovem está agora sujeito à "medida de coação de vigilância com controlo à distância (pulseira eletrónica), proibição de contacto com a vítima e proibição de se aproximar da residência".

Já na quinta-feira, foi detido um outro suspeito, de 40 anos, "que residia na casa dos pais, com 68 e 70 anos" e os "agredia fisicamente" para "lhes extorquir dinheiro, furtar objetos da residência, no sentido de os vender para adquirir também produtos estupefacientes".

Neste caso, o Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste - Sintra optou pela aplicação de prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa prevista na lei.

As detenções - efetuadas por militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Comando Territorial de Lisboa da GNR - ocorreram no âmbito da investigação dos dois crimes de violência, em que se constatou existir "o perigo de continuidades das agressões praticadas por parte dos suspeitos".