Premium

Burla que envolve medicamento chega à Interpol

Burla que envolve medicamento chega à Interpol

O logótipo do Ministério da Saúde está a ser usado numa burla levada a cabo por uma empresa do Panamá que, assim, tenta credibilizar a publicitação e vender um medicamento para as articulações.

Como a comercialização do "Artrovex" - nome da bisnaga que promete milagres - se faz a partir de sites daquele país da América Latina, o Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento já denunciou o caso à Organização Internacional de Polícia Criminal (OIPC/Interpol).

O site que comercializa o "Artrovex", por 39 euros, alude a uma alegada campanha do Governo, denominada "Portugal Saudável", para elogiar o medicamento. Uma entrevista fictícia com um ortopedista Luís Gomes, ligado a instituições que não existem na realidade - compõe o embuste.