Julgamento

"Burlão do amor" foi absolvido no Porto

"Burlão do amor" foi absolvido no Porto

Foi absolvido, esta quarta-feira, no Tribunal de São João, um homem, de 48 anos, que estava acusado de ter burlado, em 450 mil euros, a diretora financeira de um colégio do Porto.

Hans Walter Niderost chegou a tribunal acusado de ter seduzido a responsável de um colégio no Porto para lhe extorquir dinheiro, prometendo-lhe amor e carinho. A vítima ficou insolvente e foi despedida do estabelecimento de ensino.

No entanto, o coletivo de juízes deu como provado que a mulher sabia dos riscos dos empréstimos que ia concedendo a Hans Walter Niderost, considerando que lhe ia dando as avultadas quantias para o manter por perto, pois estava apaixonada e que ele nunca lhe havia prometido viverem juntos.

"Na prática", refere o acórdão, lido esta quarta-feira nas Varas Criminais do Porto, "atuavam como sócios, ela sabia dos riscos e muitas vezes teimava em emprestar o dinheiro, mesmo em prejuízo de membros da sua família".

O arguido foi absolvido do crime de burla de que ia acusado e dispensado do pagamento da indemnização pedida pela mulher.

ver mais vídeos