Premium

Casal de suecos burla multinacionais com emails roubados em Portugal

Casal de suecos burla multinacionais com emails roubados em Portugal

Com um simples computador ligado à Internet, a partir de Setúbal, um casal de suecos conseguiu enganar empresas de todo o mundo com roubos de emails, levando-as a fazer transferências bancárias, na ordem de 1,7 milhões de euros, para contas que controlava.

O sistema bancário bloqueou a maioria das transferências mas, ainda assim, o casal, atualmente em prisão preventiva, recebeu 645 mil euros e embolsou 300 mil, até ser detido pela PJ, no ano passado. Os arguidos foram agora acusados pelo Ministério Público (MP) de burla, branqueamento e acesso indevido. Outros oito arguidos que serviam de "mulas financeiras" irão responder por recetação.

De acordo com a acusação do MP, Michel M., de 38 anos, e Malicka N., de 28, vieram viver para Portugal em meados de 2017, quando já eram procurados na Suécia por burlas informáticas. A partir de Setúbal continuaram os crimes.