Fafe

Casal ferido em ataque à sacholada por causa de um rego de água

Casal ferido em ataque à sacholada por causa de um rego de água

Agressor de 71 anos foi detido pela Polícia Judiciária. Conflito entre vizinhos durava há décadas.

Terminou à sacholada uma discussão causada por um estrago num rego de água, com duas pessoas hospitalizadas e um detido. É um diferendo entre vizinhos que já dura há mais de duas décadas e que, na noite de quarta-feira, teve um desfecho violento.

Um lavrador de 61 anos, da freguesia de Travassós, Fafe, terá arrendado por um dia a água de um rego que é propriedade de um casal vizinho. Ao final do dia, a esposa ter-se-á apercebido de que o "cliente" lhe teria estragado um tubo de ligação e abeirou-se dele para pedir explicações. Aí, terá sido logo agredida com o cabo de uma sachola.

O marido, apercebendo-se do que se passava, pegou num pau para ir socorrer a esposa. Segundo o JN apurou, foi agredido com três sacholadas na zona da cabeça e só por sorte escapou com vida.

Dois crimes

O casal, com cerca de 70 anos, foi assistido no local pelos Bombeiros Voluntários de Fafe e transportado para o Hospital de Guimarães. A mulher sofreu ferimentos ligeiros, enquanto o marido ficou em estado grave, mas sem correr perigo de vida.

A GNR de Fafe esteve no local mas foi a Polícia Judiciária de Braga quem deteve o agressor, de 71 anos, já de madrugada. Esta sexta-feira, o suspeito será levado perante um juiz do Tribunal de Guimarães, para atribuição de medidas de coação, indiciado por um crime de homicídio qualificado na forma tentada e outro de ofensas à integridade física.

A disputa por este rego de água tem mantido estes vizinhos num clima de crispação que é conhecido nesta freguesia de Fafe.