Premium

Cerca de 250 alunos doentes no Centro de Formação da GNR

Cerca de 250 alunos doentes no Centro de Formação da GNR

Em três semanas "nada foi feito" para resolver o problema e já corre um processo interno de averiguações.

Pelo menos 46 alunos do curso de formação da GNR tiveram de receber tratamento médico nos últimos dois dias, com sintomas de gastroenterite. O problema, que se arrasta desde há várias semanas, já atingiu cerca de 250 alunos do Centro de Formação da GNR, em Portalegre.

"O número de doentes não tem parado de aumentar", disse ao JN um militar que lá presta serviço. "As casernas estão cheias de bolor e o teto está a desfazer-se. Não há condições de habitabilidade", acrescenta. Durante o dia de ontem, seis guardas provisórios terão também sido assistidos no posto de saúde nas instalações do centro, com sintomas idênticos aos dos restantes militares e formandos: diarreia, febres altas e tonturas. Após terem sido medicados, voltaram para a formação. O mesmo já tinha acontecido na quinta-feira, com 40 alistados a revelarem os mesmos sintomas.