Mudança

Cerco às claques aperta com Benfica na mira

Cerco às claques aperta com Benfica na mira

Novo ciclo no desporto português. O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou o novo regime jurídico do combate à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos.

A terceira alteração à lei de 2009 visa apertar o cerco às claques que recusam constituir-se como grupos organizados de adeptos (GOA). Em Portugal, só há 28 claques legais, com 4701 membros registados.

A nova lei da violência no desporto, que entrará em vigor a partir da próxima época, prevê que as claques fiquem em zonas específicas dos estádios, em alguns casos sem cadeiras, inclui o aumento das multas a aplicar aos GOA e clubes, que podem atingir os 200 mil euros, e admite a realização de jogos à porta fechada.

Leia mais na edição impressa ou na versão epaper.