Premium

Combinou com o irmão homicídio do companheiro

Combinou com o irmão homicídio do companheiro

A relação amorosa de dois anos entre um empresário de Vidais, nas Caldas da Rainha, e uma mulher 24 anos mais nova foi quase sempre marcada por episódios de violência doméstica.

Um facto que levou a companheira de José Germano Noronha, 55 anos, a delinear um plano para matar o empresário.

O homicídio foi concretizado com a ajuda do irmão da mentora e a namorada deste, em fevereiro de 2015, mas o corpo de José Germano Noronha só seria encontrado cerca de um ano depois. Nessa ocasião, os três suspeitos foram detidos pela Polícia Judiciária, que reuniu prova suficiente para o Tribunal de Leiria condenar, agora, os homicidas a penas de prisão entre os 12 anos e quatro meses e os 13 anos e meio.