Premium

Condenada por propagar doença

Condenada por propagar doença

Mulher com tuberculose não usou máscara na via pública, deixando outras pessoas em risco de contágio.

O Tribunal de Aveiro condenou uma mulher com tuberculose por tentativa de propagação da doença. A pena de prisão, de um ano e quatro meses, foi suspensa, mediante regime de prova e acompanhamento pelos serviços de reinserção social.

A história remonta a maio do ano passado. De acordo com a acusação do Ministério Público, o companheiro da mulher foi internado no Hospital de Coimbra devido a tuberculose pulmonar. Nessa altura, foi feita uma radiografia à mulher, que confirmou que também estava infetada.

Imobusiness