GNR

Condenado por violência doméstica na Alemanha perseguiu mulher em Portugal

Condenado por violência doméstica na Alemanha perseguiu mulher em Portugal

A GNR deteve um homem por violência doméstica, na última semana, no Marco de Canaveses, depois de o suspeito já ter sido condenado pelo mesmo crime fora do país.

O alegado agressor que já tinha sido condenado por violência doméstica na Alemanha, segundo o Comando Territorial do Porto da GNR.

"A vítima, após anos de maus tratos, regressou a Portugal, tendo o agressor continuado a persegui-la, continuando a exercer ameaças e violência psicológica", lê-se num comunicado da GNR.

Após a detenção, o tribunal aplicou ao arguido as medidas de coação de "proibição de contactos com a vítima por qualquer meio e afastamento da residência".

Três vezes detido por violência doméstica

Num outro caso, em Lousada, ocorrido na sexta-feira, os militares detiveram pela terceira vez um homem de 26 anos, no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de quatro meses.

"O arguido já tinha sido detido duas vezes para aplicação de medidas de coação, violando-as reiteradamente", refere a GNR.

O alegado agressor, "inconformado com o fim do relacionamento, perseguia, insultava e agredia reiteradamente, a ex-companheira", acrescenta.

Após a detenção, foi determinada pelo tribunal a medida de proibição de contactos com a vítima, com controlo por pulseira eletrónica.