Tribunal

Condenados por roubarem e sequestrarem homem na Feira

Condenados por roubarem e sequestrarem homem na Feira

O Tribunal da Feira condenou, esta quinta-feira, a penas de prisão efetivas os dois jovens envolvidos no roubo e sequestro de um homem, de 27 anos, ocorrido naquele concelho em 2017.

O tribunal deu como provado que os dois arguidos, de 19 e 21 anos, "atraíram a vítima para uma cilada e deram-lhe um arraial de porrada".

"Não contentes, sequestraram e roubaram, passearam-no e ainda lhe roubaram mais cem euritos para irem comprar droga ao Porto", disse o juiz presidente, durante a leitura do acórdão.

Os dois arguidos foram condenados a penas entre dois anos e meio e três anos e quatro meses de prisão efetiva pelos crimes de roubo, sequestro, ofensa à integridade física qualificada e burla informática. O arguido mais velho foi ainda condenado por um crime de condução sem habilitação legal.

Além da pena de prisão, os dois jovens vão ter de pagar ao ofendido uma indemnização de 5520 euros.

Os arguidos vão manter-se em prisão preventiva até ao trânsito em julgado da decisão.

Durante o julgamento, os arguidos admitiram ter agredido o homem e ficado com cerca de 500 euros que o mesmo trazia consigo, mas negaram tê-lo sequestrado e obrigado a revelar o código do cartão multibanco para levantar 100 euros.

"Dei-lhe dois murros, porque ele tentou abusar da minha namorada e tinha abusado de outras miúdas", contou um dos arguidos, admitindo ainda que amarraram com uma corda as mãos do ofendido, durante cerca de cinco minutos, para revistar a sua mochila, por suspeitarem que andava armado.

Estas declarações foram contrariadas pelo ofendido que disse ter sido brutalmente agredido pelos jovens, porque eles queriam saber onde tinha o dinheiro.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), os factos ocorreram na madrugada de 19 de outubro de 2017.

De acordo com a investigação, o ofendido marcou um encontro, pelas redes sociais, com uma rapariga, para um encontro numa residência em Santa Maria da Feira, mas quando chegou ao local, foi surpreendido pelo namorado daquela e por um amigo que o agrediram e manietaram, apropriando-se de cerca de 500 euros que trazia consigo.

Os agressores obtiveram ainda o código secreto de um cartão multibanco do indivíduo, sob ameaça de uma faca, conseguindo levantar mais 100 euros.

A vítima foi depois amordaçada, amarrada e colocada na bagageira da sua própria viatura, tendo sido abandonada num local ermo de Santa Maria da Feira, onde conseguiu libertar-se e pedir ajuda às autoridades policiais locais.

ver mais vídeos