Tribunal de Matosinhos

Contabilista condenada a oito anos de prisão por tráfico de droga

Contabilista condenada a oito anos de prisão por tráfico de droga

Rede internacional tinha introduzido 40 quilos de cocaína na Europa através de empresa de fachada. Mercadoria iria render nas ruas cerca de dois milhões de euros.

O Tribunal de Matosinhos condenou esta segunda-feira uma contabilista portuguesa e três estrangeiros a penas entre os quatro anos e meio e os oito anos e meio por tráfico de droga. A Técnica Oficial de Contas (TOC) foi condenada a oito anos de prisão e dois cidadãos espanhóis a oito anos e meio de prisão cada um. Um soldador colombiano foi condenado a quatro anos e meia de pena suspensa. O quinto acusado, outro colombiano, foi absolvido.

A rede internacional dedicava-se ao tráfico de drogas vindas da Colômbia com destino aos mercados ibérico e francês. O esquema passou pela criação de uma empresa de fachada para importar produtos colombianos - mais concretamente, peles - mas cujo verdadeiro propósito era justificar a entrada de contentores com droga escondida na base.

No momento da detenção, em Valença, o grupo estava a retirar 40 quilos de cocaína da estrutura do contentor, vindo da América do sul, mercadoria que poderia ver a render nas ruas cerca de 2 milhões de euros.

ver mais vídeos