Gaia

Degolado foi depois queimado para fazer desaparecer o corpo

Degolado foi depois queimado para fazer desaparecer o corpo

Após ter sido morta, vítima foi levada para uma zona de mato. Investigadas ligações ao mundo do crime.

O cadáver encontrado segunda-feira de manhã na zona industrial de Serzedo, Vila Nova de Gaia, foi regado com um líquido inflamável, que tudo indica ser álcool, na tentativa de fazer desaparecer os restos mortais da vítima. A Polícia Judiciária do Porto (PJ) está agora a investigar as ligações, ao mundo do crime, de Pedro Monteiro, conhecido das autoridades por furtos e roubos.

É já uma das certezas da investigação: Pedro "Porqueiro", como era conhecido, não foi morto na zona de mato onde foi encontrado. Foi assassinado com um golpe de faca no pescoço num outro local e transportado para Serzedo.

Leia mais na edição impressa ou na versão epaper.