Polícia Judiciária

Detido homem que baleou operário em Gondomar em ajuste de contas

Detido homem que baleou operário em Gondomar em ajuste de contas

A PJ deteve um homem que a 2 de julho tinha atingido com três tiros um operário da construção civil, em Fânzeres, na sequência de um ajuste de contas por motivos passionais.

O homem de 34 anos foi detido em Albufeira e é suspeito de um crime de homicídio na forma tentada. Já tinha pendente um mandado de detenção para cumprir dois anos e meio de prisão efetiva.

Segundo a PJ, o detido, desempregado, tem extensos antecedentes criminais por crimes de tráfico de estupefacientes, detenção ilegal de arma, resistência e coação sobre funcionário, furto e roubo.

Recorde-se que os factos ocorreram no passado dia 02-07-2019, em Gondomar, na sequência de um desentendimento entre um amigo do suspeito, entretanto já detido e em prisão preventiva, e o ofendido.

Segundo testemunhas, o amigo suspeitava que a vítima estaria a ter um caso amoroso com a sua companheira e decidiu confrontá-lo. Na véspera, já suspeitando do que poderia fazer, a vítima tinha apresentado queixa na GNR pelas ameaças que vinha sofrendo.

O homem não gostou e no dia seguinte, na companhia do atirador, foi até uma obra onde o suspeito estaria a trabalhar. Foi ali que na sequência de uma discussão, o agora detido empunhou uma arma de fogo e efetuou três disparos que atingiram a vítima nos membros superiores e inferiores.

Após o cometimento dos factos, o suspeito, que tinha pendente um mandado de detenção emitido em seu nome para cumprimento de dois anos e meio de prisão efetiva, colocou-se em fuga, vindo a ser localizado em Albufeira.

Será apresentado à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.