Crime

Suspeito do homicídio da mulher em Quiaios detido numa casa da família

Suspeito do homicídio da mulher em Quiaios detido numa casa da família

O homem suspeito de ter matado a mulher na terça-feira em Quiaios, na Figueira da Foz, e que se encontrava em fuga, foi detido esta quarta-feira.

"No decurso das buscas e da informação recolhida junto da população e familiares, a GNR localizou e deteve o suspeito numa moradia devoluta pertencente à família. O suspeito encontrava-se sozinho e no momento da detenção não ofereceu resistência e estava desarmado", refere a GNR em comunicado.

O suspeito foi detido às 10.30 horas na casa dos pais, que estava desabitada, na sequência da colaboração de familiares, acrescentou o tenente-coronel Henrique Armindo, que coordenou as operações de busca, em declarações aos jornalistas. O detido será agora entregue pela GNR à Polícia Judiciária, que está a investigar o crime.

O alerta do homicídio foi dado pelo filho às 07.35 horas de terça-feira e os primeiros militares da GNR chegaram ao local, no distrito de Coimbra, cerca das 07.50 horas.

Inicialmente, as autoridades ativaram uma equipa de negociadores, "dada a possibilidade de o suspeito se encontrar no interior da habitação", na localidade de Ervedal. Só pelas 15:20 horas é que os militares confirmaram que o suspeito não estava no interior da habitação onde ocorreu o crime.

Ainda na terça-feira, o segundo comandante do Comando Territorial de Coimbra, Henrique Armindo, explicou aos jornalistas que o suspeito teria então fugido a pé e que não estaria armado, uma vez que "as armas que eram conhecidas e que ele teria na sua posse foram todas recuperadas" (quatro caçadeiras, duas dele e duas de familiares). O oficial da GNR disse ainda que o homem sofre de problemas psiquiátricos.

ver mais vídeos