Crime

Detidos pelo homicídio de triatleta são amantes

Detidos pelo homicídio de triatleta são amantes

Rosa Grilo, mulher do triatleta encontrado morto em Avis, distrito de Portalegre, e o cúmplice, detidos esta quarta-feira pela Polícia Judiciária, são amantes.

Os dois suspeitos foram formalmente detidos às 21 horas desta quarta-feira, depois de a PJ ter efetuado buscas, da parte da manhã, nas residências dos suspeitos, e interrogatórios durante a tarde.

O corpo de Luís Grilo, de 50 anos, foi encontrado a 134 quilómetros de distância da sua casa, em Cachoeiras, Vila Franca de Xira, a 24 de agosto. Estava sem roupa e com um saco de plástico na cabeça. A vítima terá sofrido pelo menos uma pancada no crânio, tudo apontando para um cenário de crime. Suspeita-se de que o corpo terá sido deslocado para o local onde foi encontrado, em Alcórrego, Avis.

O cadáver foi descoberto por um popular que fazia uma caminhada na zona e sentiu cheiro a putrefação, tendo alertado o posto de Avis da GNR, o qual, por sua vez, chamou a PJ.

Luís Grilo estava desaparecido desde o dia 16 de julho. Deixou uma filha de 12 anos.

Imobusiness