Justiça

Detidos suspeitos de burlarem sociedade comercial em 800 mil euros

Detidos suspeitos de burlarem sociedade comercial em 800 mil euros

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve, na quarta-feira, um homem de 53 anos e uma mulher de 54 suspeitos de se apropriarem de 800 mil euros de uma sociedade comercial a que prestavam serviços de contabilidade, foi hoje anunciado.

Segundo um comunicado da PJ, os dois detidos, que estão indiciados pelos crimes de burla qualificada, falsificação de documentos e branqueamento, recorreram a diversos expedientes, entre 2013 e 2017, para se apropriarem daquele montante.

De acordo com a PJ, os suspeitos fizeram crer aos responsáveis da sociedade comercial que os 800 mil euros correspondiam à "devolução de adiantamentos efetuados para pagamento de impostos em dívida".

Os dois detidos vão ser hoje presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais medidas de coação.