Açores

Dupla acusada de traficar 126 milhões de euros de cocaína

Dupla acusada de traficar 126 milhões de euros de cocaína

Cidadãos estrangeiros viajavam em veleiro com 750 quilos de droga. No final do mês passado foram acusados de adesão a associação criminosa e tráfico de estupefacientes agravado.

Durante uma semana a Marinha Portuguesa seguiu atentamente o veleiro proveniente da Martinica, nas Caraíbas. A bordo seguiam um montenegrino e um croata, acompanhados de duas mulheres, já referenciados pelas autoridades..

A embarcação, de bandeira francesa, tinha sido adaptada para acondicionar no seu casco cerca de 750,5 quilos de cloridrato de cocaína, uma quantidade que, pela pureza da substância, seria suficiente para produzir cerca de três milhões de doses unitárias de cocaína. O apuro final renderia sempre mais de 126 milhões de euros, estima o Ministério Público dos Açores.

A 1 de setembro do anos passado, na ilha do Faial, Açores, as autoridades procederam à intercepção do veleiro, tendo apreendido a droga e efetuada a detenção dos quatro ocupantes. Os dois homens ficariam em prisão preventiva.

Na sequência deste inquérito, iniciado no DIAP de Lisboa e cuja investigação esteve acometida à UNCTE (Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes) da Polícia Judiciária e que também contou com a colaboração do MAOC (N) - Centro de Análise e Operações Marítimas (Narcóticos) da União Europeia, no passado dia 26 de fevereiro o Ministério Púbico deduziu acusação contra os dois indivíduos, de nacionalidades montenegrina e croata, imputando-lhes a prática de um crime de adesão a associação criminosa e de um crime de tráfico de estupefacientes agravado.