Amieira

Encontrado menino desaparecido em Ourém

Encontrado menino desaparecido em Ourém

Martim, o menino de dois anos desaparecido na Amieira, em Ourém, foi encontrado bem de saúde, esta terça-feira. A Polícia Judiciária ainda está a tentar esclarecer o caso.

A criança foi encontrada pela GNR numa zona florestal, a cerca de dois quilómetros da casa dos avós, passadas perto de 25 horas sobre o seu desaparecimento. Aquele local em concreto não tinha sido batido pelas autoridades no dia anterior.

Foi encontrada a chorar e molhada, mas não apresentava sinais de hipotermia. Primeiramente, foi levada para casa, onde tomou um banho e foi alimentada, tendo depois sido transportada para o hospital de Leiria. O diretor de pediatria da unidade de hospitalar já confirmou que Martim encontra-se bem de saúde.

Numa conferência de Imprensa, esta manhã, o diretor da Polícia Judiciária de Leiria, António Sintra, referiu que a investigação vai continuar e que todos os cenários "continuam a estar em aberto" para explicar o desaparecimento da criança. Ou seja, a força policial não descarta que alguém tenha raptado o menino ou que ele apenas se tenha perdido. Entre outras diligências, serão realizados exames e perícias médicas, explicou.

Em comunicado, a GNR adiantou que a Martim foi localizado no decurso de uma "ação de patrulhamento". "Desde a participação à GNR do desaparecimento da criança, apresentada no dia de ontem, foram realizadas diversas ações de busca, que incluíram o empenhamento de meios cinotécnicos da especialidade de busca e socorro", acrescentou a força policial, que difundiu no Facebook uma fotografia dos militares com o menino.

Martim estava com os avós maternos e desapareceu por volta das 9 horas, quando estes o deixaram por momentos no exterior da habitação a brincar.

Uma amiga da mãe da criança, Teresa Silva, relatou à agência Lusa que o bebé estava à guarda da avó, pois a mãe encontrava-se a trabalhar em Leiria.

"A criança estava na rua e a avó ausentou-se por breves instantes. Assim que voltou, o miúdo já tinha desaparecido", revelou.

Os pais do menino estarão em processo de separação, e, segundo disse uma amiga da família ao JN, a custódia do menor foi entregue à mãe, na passada sexta-feira.

Conteúdo Patrocinado