Justiça

Estudante em prisão preventiva por tráfico de droga no Montijo

Estudante em prisão preventiva por tráfico de droga no Montijo

Um estudante de uma escola do Montijo e outros cinco homens suspeitos de tráfico de droga em estabelecimentos escolares ficaram sujeitos a prisão preventiva depois de ouvidos, esta sexta-feira, no Tribunal do Barreiro.

O grupo, que ainda contava com outro homem e duas mulheres, que ficaram sujeitos a apresentações diárias na esquadra da residência, traficava drogas leves junto a escolas do ensino básico e secundário nas localidades de Camarate (Lisboa), Montijo, Alcochete e Pinhal Novo (Setúbal) e Vendas Novas (Évora).

Os suspeitos foram detidos pela GNR numa operação com cerca de 100 operacionais que decorreu na passada quarta-feira. Dando cumprimento a sete mandados de detenção fora de flagrante delito, as autoridades efetuaram oito buscas domiciliárias.

A operação, que decorreu na sequência de uma investigação na GNR do Montijo iniciada há cerca de um ano, empenhou diversos destacamentos do Comando Territorial de Setúbal e contou com o apoio do Grupo de Intervenção de Operações Especiais e do Grupo de Intervenção Cinotécnico, ambos da Unidade de Intervenção, e da Policia de Segurança Pública.

Na sequência das buscas efetuadas, foram apreendidas 6654 doses de haxixe, 156 doses de folhas de canábis, 150 sementes de plantas de canábis, uma estufa de cultivo e todo o material que a constitui (aquecedores e extratores), com 16 plantas de canábis em crescimento.

As autoridades apreenderam, ainda, dois automóveis, duas armas de fogo, calibre 6.35mm, uma espingarda de pressão de ar, calibre 5,5mm e 14 munições de calibre 6.35mm, além de 15 telemóveis, diverso material informático e 5700 euros em dinheiro.

ver mais vídeos