Premium

Ex-namorado fica na prisão por morte sob estrangulamento

Ex-namorado fica na prisão por morte sob estrangulamento

Ficou em prisão preventiva o homem suspeito de matar a ex-namorada em Vila Real de Santo António, no Algarve. A medida de coação foi decretada, ontem, pelo tribunal. À porta, concentraram-se dezenas de familiares e amigos da vítima, obrigando a reforço policial.

Sónia Ribeiro, de 37 anos, foi encontrada sem vida, anteontem, na casa onde morava com os filhos menores. Estava deitada na cama, ensanguentada, com várias perfurações no corpo, a maioria no peito, e sinais de estrangulamento.

A Polícia Judiciária PJ acredita que foi morta pelo homem com quem tinha terminado uma relação que durava há poucos meses. José Santos, de 44 anos, terá utilizado "uma arma branca", avança a Judiciária, em comunicado. Um objeto perfurante que, sabe o JN, os inspetores ainda não conseguiram identificar nem apreender. A causa da morte também está por determinar, uma vez que a autópsia não foi realizada ontem.