Premium

Excesso de álcool na origem de três mortes em Palmela

Excesso de álcool na origem de três mortes em Palmela

O Ministério Público concluiu que a culpa de um acidente de viação na Quinta do Anjo, Palmela, que vitimou três jovens setubalenses em 2016, foi causado pelo condutor, que também perdeu a vida e que conduzia com uma taxa de álcool no sangue de 2,63 gramas/litro, cinco vezes acima da taxa mínima (0,5 g/l) e mais do dobro da taxa crime (1,2 g/l).

O choque do BMW Série 5 contra um sobreiro foi de tal forma violento, que a viatura se partiu em duas, provocando a morte de Osvaldo Semedo, o condutor, e de dois dos três ocupantes, Mateus Rodrigues e Sofia Brito, todos moradores em Setúbal.

Testemunho da sobrevivente