Premium

Finanças vasculham contas do Turismo do Norte

Finanças vasculham contas do Turismo do Norte

A Inspeção-Geral de Finanças está a passar a pente fino a atividade e as contas do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

A auditoria surge por indicação do Ministério Público (MP), na sequência da Operação Éter, que levou à prisão preventiva do ex-líder, Melchior Moreira, indiciado por crimes de participação económica em negócio, falsificação e corrupção.

A auditoria decorre enquanto a Polícia Judiciária (PJ) do Porto tem efetuado buscas e diligências de recolha de documentos em múltiplas autarquias na zona Norte, a fim de averiguar a forma de contratação de serviços para a implementação de lojas interativas de turismo. Aliás, o risco de perturbar o inquérito, mediante contactos com autarcas, foi um dos fundamentos para colocar e manter Melchior em prisão preventiva.