Justiça

Foge da cadeia e vai "gozar" para discoteca no Algarve

Foge da cadeia e vai "gozar" para discoteca no Algarve

Jaime José Maia, de 30 anos, anda fugido do Estabelecimento de Paços de Ferreira há quase quatro meses e parece não ter receio de ser recapturado pelas autoridades. Nas últimas semanas, vem publicando fotografias e vídeos no Facebook onde exibe confiança e boa disposição, inclusive em direto de discotecas. Os Serviços Prisionais desconhecem o paradeiro do recluso, cadastrado por crimes de roubo e sequestro.

Em abril deste ano, Jaime Maia tinha recebido licença para passar uns dias em casa, na Gafanha da Nazaré, Ílhavo, mas devia ter regressado a Paços de Ferreira no dia 23. E causou certa surpresa que não o tenha feito. "O recluso, que se encontrava em Regime Aberto para Interior, já anteriormente havia usufruído, com sucesso, de dez saídas jurisdicionais e de curta duração", explica o porta-voz da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), José Semedo Moreira.

Perante a "ausência ilegítima", a DGRSP diz que fez as "comunicações devidas" ao Tribunal de Execução de Penas do Porto e aos órgãos de polícia criminal, sendo que o estatuto dos guardas prisionais também lhes atribui "competência para capturar e reconduzir ao estabelecimento prisional mais próximo os reclusos evadidos ou ausentes sem autorização". Em qualquer caso, sem efeito.

Leia mais na edição impressa ou na versão epaper.