O Jogo ao Vivo

Premium

Gangue levou 2,6 milhões de euros em dinheiro dos cofres do Santander 

Gangue levou 2,6 milhões de euros em dinheiro dos cofres do Santander 

Ministério Público acusa nove indivíduos por 10 assaltos que renderam um total de 4,7 milhões. Agente da PSP dava informações e recebia dinheiro. O furto mais rentável foi ao banco Santander.

Fizeram uma dezena de assaltos a residências na zona do Minho e ao banco Santander, em Braga, furtando dinheiro e bens que o Ministério Público (MP) avalia em 4,7 milhões de euros, sem contabilizar a moeda estrangeira. Só no banco, levaram 2,6 milhões em dinheiro e 400 peças guardadas em 52 cofres. Ao todo, quatro milhões. Entre os lesados estão, também, o empresário Domingos Névoa, o cantor limiano Delfim Júnior, e o médico e antigo atleta do Sporting de Braga Romeu Maia.

O MP considera como mentor da "associação criminosa" o arguido Joaquim Marques Fernandes (de Priscos, Braga), o qual terá criado o gangue em parceria com Vítor Manuel Martins Pereira (de Vila do Conde), Luís Miguel Martins de Almeida (Braga) e Rui Jorge Dias Fernandes (Braga). Os quatro estão em prisão preventiva.