Almada

Homem que extorquia idosa e filho libertado pelo tribunal

Homem que extorquia idosa e filho libertado pelo tribunal

O Tribunal de Almada libertou, esta terça-feira, o suspeito de ter extorquido sob ameaça de morte uma idosa de 79 anos e o seu filho de 49, ambos com défices cognitivos.

O arguido, vendedor ambulante residente em Lisboa, terá que se apresentar semanalmente à esquadra e está proibido de contactar as vítimas, moradores na Costa da Caparica.

A extorsão decorria ao longo de dez anos. As vítimas entregavam todos os meses as suas reformas ao suspeito, na casa deste em Lisboa. Sem dinheiro, de acordo com a GNR, "as vítimas tinham de se deslocar diariamente até ao suspeito, de forma a receberem pequenas quantias de dinheiro para sobreviverem, quantias que ficavam em dívida e tinham de ser pagas com juros a 100%".

A GNR de Almada identificou o caso através do Núcleo de Idosos e Segurança e pôs fim à extorsão na tarde de segunda-feira. A investigação, que durava há cerca de três meses, culminou com a detenção em flagrante delito do suspeito, imediatamente após ter recebido o dinheiro das vítimas", refere, em comunicado, o Comando Distrital de Setúbal da GNR.