Funchal

Inquérito a mortes na Madeira à espera de exames médicos

Inquérito a mortes na Madeira à espera de exames médicos

Tragédia de 15 de agosto de 2017, que tirou vida a 13 pessoas e feriu 50 no Funchal, ainda sem acusação.

Um ano após a queda de uma árvore de grandes dimensões sobre a multidão, durante a procissão anual na freguesia do Monte, no Funchal, ainda não há uma acusação pela morte de 13 pessoas e 50 feridos. Com os habituais festejos anuais, onde ocorreu a tragédia a 15 de agosto de 2017, a arrancarem amanhã, o Ministério Público garantiu ao JN que está à espera de exames para concluir o inquérito.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui