Premium

Já esteve preso por bater na mãe mas juiz liberta-o após nova agressão

Já esteve preso por bater na mãe mas juiz liberta-o após nova agressão

Um operário da construção civil, de 48 anos, foi detido por ter passado o último ano a bater na mãe, com 87 anos, para que esta lhe desse dinheiro para sustentar o vício do álcool. Fê-lo depois de ter cumprido três anos de prisão por também ter agredido, física e psicologicamente, a progenitora.

Mesmo assim, o juiz de instrução criminal decidiu libertá-lo apenas com a proibição de se aproximar da vítima e da casa da família, medida de coação que fonte policial ouvida pelo JN acredita que não será respeitada.

Três anos na cadeia