Premium

Jogadora do Boavista apresenta queixa-crime por racismo

Jogadora do Boavista apresenta queixa-crime por racismo

Milena Bispo, internacional brasileira, diz que foi alvo de comentários discriminatórios no jogo com o A-dos-Francos, da 19.ª jornada da Liga feminina. Daí resultou a expulsão de duas futebolistas da equipa das Caldas da Rainha.

Milena Bispo, jogadora do Boavista, queixou-se ao Ministério Público do Porto de ter sofrido insultos racistas durante um jogo do campeonato feminino, entre a equipa axadrezada e o Clube Desportivo e Cultural de A-dos-Francos, que as portuenses venceram por 3-2. As duas jogadoras do clube das Caldas da Rainha que terão proferido os insultos foram expulsas com cartões vermelhos diretos. Os castigos desportivos ainda não são conhecidos - aliás, só hoje o mapa disciplinar do futebol não profissional é revelado.

De acordo com Milena Bispo, de 20 anos, que está em Portugal há quatro meses e que já foi selecionada para representar o Brasil, a primeira parte da partida estava quase a terminar quando, na sequência de um lance com falta, uma jogadora do A-dos-Francos insultou-a de "preta do c...".