Algarve

Jovens holandesas encontradas em Albufeira com homem cadastrado

Jovens holandesas encontradas em Albufeira com homem cadastrado

Duas raparigas holandesas, de 16 anos, desaparecidas desde terça-feira, foram encontradas, sábado, em Albufeira.

As jovens estavam com um homem, com dupla nacionalidade holandesa e marroquina, que foi detido.

As menores foram localizadas pela GNR ao início da tarde de sábado junto a uma unidade hoteleira, acompanhadas pelo homem com quem viajaram de avião desde Eindhoven, Holanda, até Málaga, Espanha.

A Unidade de Informação de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (PJ) contactou os militares, após ter recebido um pedido de ajuda urgente das autoridades holandesas, que receberam informações sobre o paradeiro das menores. O homem tinha pendente um mandado de detenção europeu. Foi levado para a PJ de Faro, tal como as jovens, acompanhadas pelo pai de uma delas, que entretanto viajou para o Algarve.

As duas adolescentes foram apanhadas pelas câmaras de vigilância do aeroporto. Ao que o JN apurou, não usaram nomes falsos e não há indícios de que tenham sido forçadas a viajar. Depois de Málaga, terão passado por Marbella antes de Portugal.

Os pais estiveram em Espanha a distribuir cartazes com as fotografias das filhas.

Quando saíram de casa, deixaram o telemóvel e os computadores. As autoridades vão tentar agora perceber quais as motivações da fuga e como conseguiram viajar de avião desacompanhadas dos pais e sem autorização.