Justiça

Jovens levam bolo a Sócrates

Jovens levam bolo a Sócrates

O dia do aniversário de José Sócrates, que este domingo fez 58 anos, foi relativamente calmo durante a manhã e a tarde. Mas ao início da noite as coisas mudaram, com a chegada de muitos convidados para o jantar de aniversário do antigo primeiro-ministro.

Dois dos convidados eram Gabriela Canavilhas e Paulo Campos, respetivamente, antigos ministra da Cultura e secretário de Estado das Obras Públicas de governos de José Sócrates. Mas a maior surpresa foi quando cerca das 22 horas, quando dois jovens foram levar um bolo de aniversário ao ex-primeiro-ministro.

Tocaram à porta da rua e chegou um filho do antigo primeiro-ministro a quem entregaram um bolo de aniversário. Acabaram por pedir se podiam cumprimentar José Sócrates. O filho foi para dentro e, segundos depois, o próprio Sócrates surgiu à porta interior do edifício, junto à PSP. Trocou algumas palavras com os jovens, cumprimentou-os e agradeceu a prenda. Essa foi a primeira vez que Sócrates se deixou ver desde que entrou no n.º 33 da Rua Abade Faria, onde está em prisão domiciliária desde sexta-feira.

Mas o dia correu sob o olhar atento da população, curiosa pela animação nada habitual na Rua Abade Faria, que sofreu uma mudança radical, a partir do momento em que Sócrates ali foi viver. "Ele já cá vinha quando era primeiro-ministro", contou uma moradora ao JN. Sócrates ia ao 33 da Rua Abade Faria para estar com os dois filhos, a viver com a mãe e ex-mulher, Sofia Fava.