Premium

Juiz anula seguro da carrinha da morte de 12 emigrantes

Juiz anula seguro da carrinha da morte de 12 emigrantes

O Tribunal da Guarda declarou a nulidade do seguro da carrinha que, há três anos, a 24 de março de 2016, sofreu um acidente em Moulins, França, tendo provocado a morte de 12 portugueses, emigrantes na Suíça, que viajavam para Portugal para passar a Páscoa com as famílias.

No entanto, os familiares das vítimas continuam a ter direito até um máximo de cinco milhões de euros de indemnizações, a pagar pela seguradora ou pelo Fundo de Garantia Automóvel.

O acidente ocorreu na Estrada Centro Europa (Nacional 79), Montbeugny, Moulins. O furgão, disponibilizado por Arménio Martins, que transportava ilegalmente os emigrantes , era conduzido pelo sobrinho, Ricardo Pinheiro (o único sobrevivente), e colidiu com um camião que seguia na via contrária.