Exclusivo Edição Impressa

Juíza arrasa segurança informática do Fisco

Juíza arrasa segurança informática do Fisco

Acórdão que condenou funcionária por anular multas e processos diz que falhas "potenciaram e contribuíram" para crimes

Uma juíza do Tribunal de Penafiel teceu duras críticas ao controle de segurança do sistema informático da Autoridade Tributária e Aduaneira (ATA). Num acórdão que condenou uma funcionária das Finanças a três anos de prisão, por anular multas e processos e manipular dados, a magistrada sustenta que "a atribuição e gestão de perfis das palavras-chave para acesso às áreas informáticas (património e rendimentos e despesa) não era tratada com a importância e cuidados devidos por parte das chefias do Serviço das Finanças".

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui