O Jogo ao Vivo

Associação Sindical

Juízes decretam 21 dias de greve por melhorias salariais

Juízes decretam 21 dias de greve por melhorias salariais

A Assembleia-Geral da Associação Sindical dos Juízes Portugueses mandatou a direção para convocar uma greve nacional de juízes, com a duração de 21 dias.

A greve acontecerá entre 20 de novembro de 2018 e outubro de 2019.

A Assembleia-Geral apreciou e discutiu a proposta que o Ministério da Justiça lhe fez chegar na sexta-feira, considerando-a um sinal de abertura mas, ainda assim, insuficiente para desmobilizar a intenção de realizar a paralisação.

No final da reunião deste sábado, o presidente da ASJP, Manuel Soares, assumiu que a proposta do Governo pode constituir uma base de trabalho para negociações futuras, que ainda poderão evitar a greve, se resultarem num compromisso claro do Governo com a melhoria do estatuto remuneratório dos juízes, no âmbito da revisão do Estatuto dos Magistrados Judiciais.

Perante a ameaça de greve, o Ministério da Justiça tinha comunicado ontem à Associação Sindical que o Governo está "em condições de propor à Assembleia da República, na qual se encontra pendente de apreciação a proposta de lei de alteração do Estatuto dos Magistrados Judiciais, uma modificação do estatuto remuneratório" destes profissionais, que pode pô-los a ganhar mais do que o primeiro-ministro e evitar uma greve iminente.

A informação foi prestada ao JN por fonte oficial do Ministério da Justiça, na véspera da reunião da Assembleia-Geral da Associação Sindical dos Juízes Portugueses agendada (AG/ASJP).

ver mais vídeos