GNR

Ladrão detido após fuga de 100 quilómetros na autoestrada

Ladrão detido após fuga de 100 quilómetros na autoestrada

Homem furtou combustível na área de serviço de Santarém da A1 e fugiu. A GNR perseguiu-o a alta velocidade por mais de 100 quilómetros. Acabou por ser intercetado e detido na Costa da Caparica.

A GNR anunciou esta quarta-feira que deteve um homem de 59 anos pela prática de condução perigosa de veículo, ostentação de matrículas falsas em veículo e furto de combustível, em Santarém.

No dia 21, domingo de Páscoa, o suspeito, deslocando-se numa viatura com matrículas falsas para evitar a sua identificação, furtou combustível na área de serviço de Santarém, na A1, sentido Norte-Sul.

Os militares conseguiram localizar o veículo suspeito, "tendo seguido o mesmo durante cerca de 100 quilómetros, enquanto este excedia o limite de velocidade permitido por lei e realizava ultrapassagens perigosas, colocando em perigo a sua vida e a dos demais utentes da via".

O veículo acabou por ser intercetado na localidade de Costa de Caparica, culminando na detenção do condutor e na apreensão do veículo.

O suspeito ficou detido nas instalações do Posto Territorial da Costa de Caparica, tendo sido presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Almada, no dia 22 de abril, ficando sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Esta operação contou com a colaboração do Comando Territorial de Setúbal.