Exclusivo Edição Impressa

Líder do Turismo do Norte investigado por férias sem pagar

Líder do Turismo do Norte investigado por férias sem pagar

Judiciária segue pista de contrapartidas pela prática de alegados atos ilícitos. Melchior Moreira é suspeito de abusos em contratos de ajuste direto.

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Melchior Moreira, é suspeito de ter passado férias no Algarve sem pagar e às custas dos seus alegados corruptores. Este é um caso sob averiguação da PJ do Porto e que poderá ter sido contrapartida pela prática de atos ilícitos. A investigação tenta também apurar se vários dos negócios da gestão de Melchior Moreira foram celebrados por serem propícios à "promoção" da sua imagem, o que é visto como outra possível contrapartida e ato ilícito.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui