Exclusivo Edição Impressa

Médicos julgados pela morte de rapaz de 13 anos

Médicos julgados pela morte de rapaz de 13 anos

Pediatra e cirurgião desvalorizam sintomas e a criança acaba por morrer com úlcera. Crime de "homicídio por negligência grosseira"

Um pediatra e um cirurgião vão ser julgados pelo crime de homicídio por negligência grosseira de uma criança de 13 anos, que faleceu em agosto de 2010, depois de recorrer ao Serviço de Urgência do hospital de Chaves. A acusação sustenta que os dois médicos desvalorizaram os sintomas apresentados pelo menino.

David Pereira queixava-se de "fortes dores de barriga generalizadas e de vómitos frequentes" quando deu entrada na unidade flaviense do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), acabando por falecer ao fim de três dias.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui